SESSÃO DE POSTERS


“Afinando o Cérebro”: criação de um portal para estimulação de habilidades de processamento cognitivo-auditivo-visual
Autor(es): Diana Melissa Faria, Ingrid Gielow


INTRODUÇÃO: A repetição e a frequência de exposição aos estímulos são elementos facilitadores dos processos de aprendizagem e aquisição de habilidades cognitivas, auditivas e visuais. Indivíduos com transtornos do processamento auditivo, déficit de atenção e distúrbios de aprendizagem, se beneficiariam com a continuidade, diária, em casa, da estimulação recebida na terapia fonoaudiológica, com exercícios específicos, promovendo reações neurofisiológicas mais rápidas e eficientes.
OBJETIVO: Criar um portal com atividades que ofereçam ao fonoaudiólogo e ao paciente um instrumento de estimulação das habilidades de processamento cerebral auditivo e visual, atenção, memória, linguagem oral e gráfica, assim como a possibilidade de monitorar a frequência das execuções dos exercícios e a evolução do desempenho em cada habilidade estimulada, dentro e fora do ambiente terapêutico.
MÉTODOS: Com inspiração nos princípios neurofisiológicos para a terapia do processamento auditivo, visual e de memória, em janeiro de 2011, concebemos jogos em Powerpoint (Microsoft), e áudios editados dicoticamente por meio do software EarMix (CTSInformática). Um grupo de 52 fonoaudiólogos dedicados à prática da terapia do processamento auditivo recebeu as atividades em CD, aplicaram em suas rotinas clínicas e relataram o impacto terapêutico delas, subsidiando as modificações necessárias e a criação de novas estratégias. Os jogos aprovados foram adaptados por uma equipe de webdesigners, criando-se um portal on-line de atividades, que permite o acréscimo de novas estratégias e a análise estatística da utilização e do desempenho dos usuários, considerando acertos e tempo de execução. O portal ficou seis meses on-line em caráter experimental, com 20 usuários pacientes e fonoaudiólogos voluntários, que relataram a experiência com a ferramenta.
RESULTADOS: Considerando a análise dos usuários da versão experimental, formatamos a versão inicial do portal com 10 jogos e 30 áudios, que permite ao usuário acompanhar e ao fonoaudiólogo monitorar remotamente os acessos diários, os melhores escores atingidos, a comparação com o primeiro acesso e com os demais usuários; produzir gráficos com os resultados de cada jogo e identificar as habilidades estimuladas. A maioria dos voluntários que aderiram ao uso do portal consideraram a experiência positiva e o acesso às estatísticas, motivadora à continuidade do treinamento.
DISCUSSÃO: Para manutenção de um cérebro ativo em indivíduos sem alterações ou em um processo terapêutico com o objetivo de favorecer a neuromaturação ou desenvolver habilidades auditivas, visuais, atencionais e mnemônicas, ou suas compensações, a frequência da estimulação é fundamental para favorecer novas conexões entre as células neurais. Um programa dinâmico, em que o usuário com a orientação do fonoaudiólogo, tem muitas opções de atividades e consegue monitorar seu rendimento, pode ajudar na motivação para a continuidade da estimulação em casa e impactar na eficiência e na eficácia do tratamento. Além disso, a possibilidade do acompanhamento do desempenho do paciente nas atividades de casa poderá auxiliar o fonoaudiólogo na assertividade de seu plano terapêutico, obtendo resultados mais efetivos no tratamento.
CONCLUSÃO: O portal “Afinando o cérebro”, com jogos, áudios e acesso estatístico pelo usuário e seu fonoaudiólogo foi criado e testado, e estará à disposição para aquisição do público após o XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia (www.afinandoocerebro.com.br).


Dados de publicação
Página(s) : p.3275
URL (endereço digital) : http://www.sbfa.org.br/portal/suplementorsbfa